FIG_UNIMESP menu logo FIG-UNIMESP menu logo

Pedagogia EaD


Duração: 4 anos
Modalidade: EaD
MERCADO DE TRABALHO

O Curso de Licenciatura em Pedagogia do Centro Universitário Metropolitano de São Paulo destina-se à formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, como também, ainda, atuar na Gestão Escolar. Assim, as atividades docentes também compreendem participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando:

• planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da Educação;
• planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de projetos e experiências educativas não escolares;
• produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional em contextos escolares e não escolares.

Quanto ao gestor escolar, tanto a rede pública quanto a rede privada adotam estruturas de funcionamento que requerem profissionais de administração escolar, qualificados e capacitados para o exercício de funções de diretoria, de coordenadores pedagógicos, assistentes de direção, encarregados de diversos setores existentes tanto em unidades escolares como em diversos órgãos do sistema de ensino. O cargo de diretor de escola, de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, tem o seu provimento condicionado à conclusão do curso de graduação em Pedagogia, com habilitação em Administração Escolar ou à conclusão do curso de aperfeiçoamento em Gestão Escolar, aos portadores de licenciatura plena. A designação para o cargo é feita pela autoridade competente, em caso de escola pública, ou contratação pela entidade mantenedora mediante critérios próprios, em se tratando de escola privada. Constitui-se, portanto, mercado de trabalho para o egresso do Curso de Pedagogia:

• docência na Educação Infantil, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, nas disciplinas da Formação Pedagógica do profissional docente;
• gestão de sistemas, unidades, projetos e experiências educacionais escolares e populares;
• produção e difusão do conhecimento científico e tecnológico do campo educacional;
• outras áreas emergentes do campo educacional.

O PROCESSO FORMATIVO EM PEDAGOGIA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A dinâmica didático-pedagógica do Curso, do ponto de vista da oferta a distância, pressupõe uma ação metódica e intencional, construída por meio de interações aluno/objeto de estudo/professor/tutor, com a utilização do ambiente virtual de aprendizagem (AVA), a partir da compreensão educação a distância como: [...] mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem (que) ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos.

Nas palavras de Arafeh, a EaD abrange uma vasta gama de novas tecnologias, pedagogias, estilos de aprendizagem, habilidades e ambientes e outros conceitos e práticas modelados no âmbito do desenvolvimento social e tecnológico, possibilitando a oferta de conteúdo educacional dentro e fora dos tradicionais ambientes educacionais. A autora retoma a ideia tradicional de que a educação a distância tem como elementos constitutivos a educação (traduzida nos processos de ensino e aprendizagem); divergência geográfica ou temporal; um meio de transmissão (tecnologia) e informações ou conteúdo de comunicação. Nesse sentido, a aprendizagem é entendida como processo de elaboração compartilhada de significações, com a mediação da linguagem, pressupondo o respeito ao ritmo individual, a formação de comunidades de aprendizagem e as redes de convivência, entre outras”.

Aprender é um ato social, embora materializado individualmente sempre sob as influências de natureza econômica, política, socioambiental e cultural. Dito de outra forma, à luz do pensamento de Paulo Freire, a aprendizagem requer apreensão e conscientização como um processo de inserção crítica do indivíduo na realidade e de atuação para transformá-la (educação transformadora). Desse modo, a construção das aprendizagens está referida às relações sociais e produtivas, ou, numa síntese, às formas de enfrentamento da questão social, particularmente quando se trata de futuros educadores. Busca-se a articulação entre os conhecimentos científicos e os contextos, na perspectiva da teoria crítica, e o desenvolvimento de valores éticos, considerando a diversidade de pessoas e grupos e a necessidade de preservação ambiental

MATRIZ CURRICULAR

A matriz curricular do curso de Licenciatura em Pedagogia está organizada com 56 (cinquenta e seis) disciplinas, distribuídas em 16 (dezesseis) módulos, a serem integralizadas no mínimo, de 4 e, no máximo , 8 anos. A integralização dos componentes curriculares compreende um total de 220 créditos, que correspondem a 3.860 horas, já computadas as cargas horárias de Orientação de Estágio, Atividades Complementares e as Práticas Curriculares, que são atividades realizadas em relação ao eixo fundamental do currículo, objetivando sua flexibilização.

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INOVADORAS E O PREPARO DO ESTUDANTE PARA A EDUCAÇÃO CONTINUADA.

O curso deve permitir uma flexibilidade na aplicação das metodologias de ensino, principalmente para aquelas que preparam o estudante ao reconhecimento de formas de estudo que lhe possibilitem uma educação permanente mesmo após sua diplomação. Para tal, prevê-se a inserção de conteúdos relativos ao processo de produção do conhecimento, sua natureza e os elementos básicos do método científico, tipos de pesquisa e sua aplicação à resolução de questões da área do curso.

Assim, pretende-se fornecer aos estudantes as ferramentas e a visão teleológica para a estruturação de um “estado de ser” dirigido ao questionamento, à investigação e à inovação do conhecimento tendo por base o pensamento cientifico. Os conteúdos serão desenvolvidos, sempre que possível, utilizando a estratégia pedagógica da problematização onde, a partir da definição de uma situação contextualizada em fatos reais oriundos da prática, o aluno é estimulado a elaborar análises, interpretações e propor soluções que resolvam o problema e favoreçam a criação de uma vivência interdisciplinar dos conteúdos. O currículo concretizará os princípios pedagógicos do “aprender fazendo” e “aprender a aprender”, onde o estudante desenvolverá sua capacidade de interagir, desde o início do curso, com a realidade do seu campo de atuação profissional, continuando o aprendizado após sua diplomação.

O desenvolvimento dessas capacidades será orientado por docentes experientes nas áreas temáticas das disciplinas, que acompanharão o processo de estudo e aprendizagem, propondo os problemas, orientando as atividades de pesquisa, estimulando a discussão e verificando os resultados das avaliações. Essa estrutura de realização curricular imprime elevada responsabilidade para o estudante que, constantemente, deverá reavaliar seus métodos de estudo, suas necessidades de embasamento sobre conteúdos específicos, a aceitabilidade de suas contribuições para a resolução de tarefas, a interação com o grupo de alunos e o docente e a incorporação dos conhecimentos previstos para cada conjunto de disciplinas.

COERÊNCIA DO CURRÍCULO COM OS OBJETIVOS DO CURSO

A organização curricular do Curso de Pedagogia (EAD) do Centro Universitário Metropolitano de São Paulo está em consonância com os objetivos do curso em formar bacharéis com competência e responsabilidade ética, visando facilitar o desenvolvimento dos conteúdos numa perspectiva interdisciplinar e contextualizada.

A concepção do currículo que norteia o curso refere-se a um processo mais amplo, não sendo restrito a uma área meramente técnica voltada a questões relativas a procedimentos, técnicas e métodos. Mas para uma área de tradição crítica permeada por questões sociológicas, políticas epistemológicas, caracterizando-o, portanto, como um artefato social e cultural. Em outros termos , significaria dizer que o currículo é colocado num contexto mais aberto de suas determinações sociais e de sua história, podendo também ser descrito como o conjunto de atividades desenvolvidas pela escola que afetam direta e indiretamente o processo de aquisição, assimilação e produção do conhecimento.

No entanto, em uma visão mais restrita, a matriz curricular é compreendida não apenas como enumeração de disciplinas, porém como estabelecimento de um campo de questionamentos relevantes, que proporcionam amadurecimento intelectual e motivação para a prática profissional. Como seus suportes, estão não apenas as legislações em vigor, mas também um plano de desenvolvimento de habilidades intelectuais, atitudes e práticas esperadas no perfil do egresso sem prescindir as relações entre disciplinas e as Diretrizes Curriculares Nacionais.

O Curso de Pedagogia (EAD) do Centro Universitário Metropolitano de São Paulo foi concebido e estruturado com o objetivo de formar o Bacharel em Serviço Social cujo perfil atenda às Diretrizes Curriculares estabelecidas para o curso. Destaca-se pelo direcionamento de suas ações para o exercício teórico/prático inovador dentro de uma visão atualizada. Por meio dessa linha metodológica, será fortalecida a capacidade de o aluno desenvolver raciocínios analíticos, críticos e prepositivos, pois, na hora de solucionar problemas, isso é bem mais relevante que conhecimentos memorizados e incorporados sem reflexão.

COERÊNCIA DO CURRÍCULO FACE ÀS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

A organização do currículo, observadas as Diretrizes Curriculares Nacionais, expressa-se através de seu projeto, abrangendo o perfil do formando, as competências e habilidades, os conteúdos curriculares, o estágio curricular supervisionado, as atividades complementares, o sistema de avaliação, o trabalho de conclusão de Curso, o regime acadêmico, a duração do curso sem prejuízos de outros aspectos que tornem consistente o referido currículo. O currículo do curso contempla os conteúdos e atividades previstas nos eixos interligados de formação fundamental, profissional e prática. Apresenta-se com evidente diferencial à medida que segue a tendência de permitir a formação do profissional com o perfil estabelecido., sendo formulado segundo as novas tendências do Conselho Nacional de Educação, com nítida intenção de sua flexibilização a fim de atender às demandas sociais emergentes e às demandas regionais. O currículo está voltado para as especificidades programadas do perfil profissiográfico, tendo por objetivo capacitar o aluno, através de sólida formação básica e profissional, a lidar com os novos desafios do mundo globalizado.

METODOLOGIA DE ENSINO E AVALIAÇÃO

Os princípios metodológicos da IES estão norteados por sua missão, a qual deverá conduzir a obtenção do perfil desejado do egresso. No caso, uma proposta metodológica que privilegie a qualificação do aluno, sem, no entanto, deixar de formar um cidadão crítico e capaz de pensar e estabelecer por si soluções inovadoras, não só para a organização onde trabalha, mas também para a comunidade em que vive a sociedade de um modo geral.

A educação a distância é uma modalidade que possibilita a flexibilização dos currículos bem como inovação no processo de ensino-aprendizagem.

A adoção de EAD pelas IES mostra-se pertinente à contemporaneidade, dado que seu enfoque pedagógico prioriza o processo de aprendizagem, ao invés da instrução, e a adoção de formas de relacionamento e interação entre os participantes que enfatizem a aprendizagem contextualizada e o domínio do próprio estudante sobre o processo de aprendizado. (STRUCHINER ET ALI, 1998).

Todas as disciplinas trabalhadas nesta modalidade partirão de um planejamento, com cronograma detalhado, permitindo ao acadêmico uma melhor condução no desenvolvimento das atividades propostas e na autonomia dos seus estudos.

Ainda considerando o planejamento, o aluno receberá, previamente, orientações, manual, para que adquira conhecimento sobre o ambiente virtual de aprendizagem – AVA, assim como a estrutura de funcionamento da secretaria do seu curso e das disciplinas, estabelecendo uma sequência ou rotas de aprendizagem, sempre que possível, para cada conteúdo abordado, além de procurar, ainda, estabelecer a interdisciplinaridade com as demais disciplinas do semestre do curso de Graduação.

No ambiente virtual de aprendizagem, o aluno terá a sua disposição vários recursos que comporão a carga horária da disciplina , atendendo às necessidades para uma formação de qualidade, como: material didático da disciplina, fórum de revisão conceitual, de dúvidas e discussão; reuniões on-line, materiais complementares.

O material didático é considerado elemento muito importante na EAD porque se configura como um mediador que traz em seu núcleo a concepção pedagógica que guiará a aprendizagem. Para isso, os textos são estruturados não apenas por meio dos conteúdos temáticos, mas também mediante um conjunto de atividades a fim de que o aluno coloque em ação seus recursos, estratégias e habilidades, participando ativamente do processo de construção do seu próprio saber.

No ambiente virtual de aprendizagem, o aluno terá acesso ao material na versão PDF, com possibilidades de interatividade através de links, que facilitarão a aprendizagem e deixarão a leitura mais dinâmica e ampla. A versão PDF possibilita o acesso off-line. Para completar a formação do aluno no ambiente virtual de aprendizagem, o discente também terá a sua disposição, como citado anteriormente, os fóruns, reuniões on-line , além de materiais complementares.
Fóruns:

• Fórum de Apresentação - é um espaço reservado para que os professores orientem os alunos sobre a melhor maneira de estudar, percorrer todas as atividades propostas e participar das avaliações, e com isso obter maior proveito nas disciplinas;
• Fórum de Revisão Conceitual - é o espaço reservado para que o seu professor disponibilize resumos, questões referentes às disciplinas e outras atividades que julgar pertinente e que o ajudarão nos estudos;
• Fórum de Dúvidas - é destinado para que os alunos relatem suas dúvidas no tocante à disciplina e o professor possa responder a elas de maneira pontual;
• Fórum de Discussão - é reservado para o aprendizado colaborativo, onde o aluno poderá, através de temas e atividades propostas pelo professor, debater e trocar informações com os colegas, sempre com o auxílio do professor.

Em todos os fóruns, os discentes acompanham a troca de mensagens entre eles assim como as respostas dos professores, sendo possível deixar registrado o que foi discutido e, ainda, os alunos receberem uma cópia das mensagens por e-mail.

• Reunião On-line - O aluno entra no Ambiente Virtual de Aprendizagem, nos dias e horário marcados, participando de modo on-line das aulas, com a possibilidade de enviar suas perguntas para serem respondidas em tempo real pelo professor. É uma ferramenta utilizada para realizar o fechamento sobre os assuntos tratados no conteúdo, onde o professor tira as possíveis dúvidas que possam ter ficado sobre o mesmo, em tempo real, com dia e horário determinados. A ferramenta conta com o recurso chat.
• Vídeos: Todo professor grava vídeos para que o aluno possa ter acesso e assistir, quantas vezes julgar necessário, os pontos mais importantes e tirar dúvidas pertinentes aos assuntos trabalhados.

Todo o planejamento das atividades disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem, inclusive desde a elaboração, produção do material didático e das atividades teóricas e práticas que compõem a disciplina, relacionam-se a fim de que o conteúdo seja apresentado ao aluno de forma que ele consiga atingir seus objetivos.

A avaliação do desempenho acadêmico do aluno será realizada em vários momentos, tanto no ambiente virtual de aprendizagem – AVA , quanto nos momentos presenciais, pois incorporará novos procedimentos, que valorizem as competências dos acadêmicos, uma vez que o uso de Tecnologias da Informação pelos discentes possibilita o desenvolvimento de outras habilidades, além das já previstas pelas matrizes curriculares nos cursos de origem.

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESCOLAR

A avaliação da aprendizagem e do desempenho escolar serão verificados por disciplina e ou módulo, incidindo sobre a frequência e o aproveitamento das atividades e dos conteúdos ministrados em cada uma delas.
Será considerado reprovado, na disciplina ou módulo, o aluno que não tenha obtido frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) nas aulas e demais atividades, com frequência obrigatória, tais como aulas práticas e atividades presenciais previstas no calendário.

Atendida a exigência do artigo anterior, é considerado aprovado, em cada disciplina ou módulo ministrado, o aluno que obtiver nota final igual ou superior a 7,0 (sete), considerando uma escala numérica de notas de 0 (zero) a 10,0 (dez).

O sistema de avaliação será composto por atividades on-line e avaliação presencial, onde, para aprovação do Módulo e ou disciplina, será preciso obter média final (NF) ≥ 7,0 (NF = AP + AE).

Sendo:
NF = Nota Final
AP = Avaliação Presencial
AE = Avaliações Eletrônicas

I – Após a participação das atividades eletrônicas, é gerada uma nota eletrônica, que será somada à Avaliação presencial, ficando o Critério de avaliação da nota eletrônica o seguinte:

NT= NF+NQ + AE

Onde:
NT= Nota Eletrônica
AE = Avaliação Eletrônica
NF = Participação aos fóruns avaliativos
NQ = Questionários Avaliativos

A avaliação presencial deverá ser realizada em data prevista institucionalmente através do calendário acadêmico.

I. O aluno terá quarenta e oito horas para cancelar a solicitação.
II. Alunos que não cancelarem a solicitação da prova e não comparecerem na data escolhida serão direcionados automaticamente para a prova substitutiva.

Os alunos que tenham nota final menor que 7,0 (sete) poderão ser submetidos a processo de recuperação, mediante requerimento específico à Secretaria Acadêmica, com nova avaliação substitutiva.

Para a aprovação do trabalho de conclusão de curso, aos cursos que contemplam na matriz, será exigida nota igual ou superior a 7,0 (sete), considerando uma escala numérica de notas de 0 (zero) a 10,0 (dez).

PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES INTERNAS

A Educação Superior tem, na produção e disseminação do conhecimento, sua principal especificidade. Desse modo, ao incentivar os alunos a participarem de eventos, congressos, encontros e seminários, objetiva-se desenvolver o contínuo interesse pelo saber e pela reflexão.

A participação dos alunos em eventos é consequência das atividades de pesquisa dos docentes que orientam seus alunos no tocante à identificação dos temas relevantes. A política de participação em eventos norteia-se aos seguintes princípios:

I. Liberdade na escolha dos temas;
II. Liberdade na escolha de método;
III. Utilização de conhecimentos, vindos de diferentes áreas do saber humano, livre das restrições inerentes ao corporativismo profissional em abordagem multidisciplinar.

A semana de Palestras tratará de temas emergentes e de grande relevância para a formação dos discentes enquanto profissional e cidadão, para o desenvolvimento da carreira e de sua inserção no mercado de trabalho. A semana de Palestras apresenta os seguintes objetivos: estimular a educação continuada, atender a demanda por atualização de conhecimentos dos discentes, despertar nos alunos o interesse pela profissão escolhida e, principalmente, pela cidadania e pela responsabilidade social e ambiental, apresentando o mundo das organizações e sua responsabilidade enquanto profissional. Diversas palestras serão realizadas durante o período letivo, abordando temas atuais e específicos à formação dos profissionais. Ao final de cada uma delas, o aluno deverá apresentar um relatório de aproveitamento.

PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES EXTERNAS

O “aprender a aprender” é um dos fundamentos que norteiam a missão e os objetivos do Curso de Pedagogia (EAD) oferecido pelo Centro Universitário Metropolitano de São Paulo, bem como a preocupação de transmitir aos alunos a necessidade da busca contínua pelo aperfeiçoamento profissional. A instituição acredita, ainda, que a pesquisa acadêmica é o melhor meio de inserção do aluno no mundo do conhecimento, do desenvolvimento de habilidades e de capacitações, além de desenvolver o prazer do aprendizado constante.

VISITA ORIENTADA

Todos os professores do Curso de Graduação podem propor atividades de visitas orientadas, desde que pertinentes ao conteúdo desenvolvido em suas disciplinas e de comprovadas execuções da participação dos discentes. As visitas orientadas estão estabelecidas no regulamento do Estágio Supervisionado.

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (MONOGRAFIA)

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – Monografia - constitui instrumento que possibilita ao acadêmico a oportunidade de demonstrar o grau de habilitação adquirida e os conhecimentos assimilados durante o curso. Na medida em que o processo de formação educacional leva o aluno a prover seu próprio desenvolvimento, a IES deve proporcionar-lhe condições e requisitos essenciais para que direcione seus projetos de vida, sólida formação teórico-prática para a compreensão do mundo profissional e social e atuação e liderança na sociedade. A formação baseada em aspectos de articulação entre ensino, pesquisa e extensão, integração entre teoria e prática, traduzindo também qualificação e dedicação do corpo docente às atividades acadêmicas e à produção científica.
O Centro Universitário Metropolitano de São Paulo disponibilizará um professor-orientador para cada grupo de 04 (quatro) alunos nas atividades de orientação do trabalho de conclusão de curso. O TCC implantado no Curso de Pedagogia (EAD) está regulamentado e institucionalizado, buscando considerar com qualidade, em uma análise sistêmica e global, os aspectos: carga horária, formas de apresentação, orientação e coordenação. O TCC é uma oportunidade de o aluno integrar e aplicar conhecimentos adquiridos ao longo do curso. Nesse sentido, pressupõe-se que o trabalho desenvolvido tenha cunho prático ou aplicado. Ao realizar o TCC, os alunos já se familiarizaram com os princípios dos métodos de pesquisa científica e com os formatos usuais das pesquisas de cunho acadêmico. As disciplinas de TCC I e II tomam, como aceitavelmente conhecidas, as regras e normas usuais na pesquisa científica visando à publicação, concentrando -se nos trabalhos de interesse prático.

MECANISMOS EFETIVOS DE ACOMPANHAMENTO E DE CUMPRIMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

No Curso de Pedagogia (EAD) do Centro Universitário Metropolitano de São Paulo, o trabalho de conclusão de curso é gerado no decorrer das disciplinas, sendo denominado TCC – Trabalho de Conclusão de Curso, que será encaminhado à Biblioteca como instrumento de futuras pesquisas. A elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso conta com regimentos próprios, estabelecidos pela Instituição e baseado nos ditames da ABNT. O aluno que não frequentar as aulas da disciplina Metodologia da pesquisa Científica, não for assíduo às atividades, não desenvolver o seu trabalho de acordo com as normas estipuladas, ou, anda, não tiver a sua monografia aceita, não estará apto a colar grau junto aos demais colegas de turma.

ATIVIDADES ACADÊMICAS ARTICULADAS À FORMAÇÃO: ATIVIDADES COMPLEMENTARES

As Atividades Complementares têm a finalidade de complementar a formação pessoal, profissional e cidadã do discente. São obrigatórias e destinadas à integralização dos currículos plenos de todos os cursos de graduação. No Curso de Pedagogia (EAD), a carga horária total é de 200 (duzentas) horas. O Regulamento das ACE do curso de graduação em Serviço Social é apresentado como ANEXO deste PPC do curso e está institucionalizado. O Curso de Pedagogia (EAD) da IES, considerando a instituição das ACE como parte integrante do currículo pleno do curso, consoante ao instituído pelas PCNs,, a importância da flexibilização curricular, facultando ao estudante o desenvolvimento de programas complementares de estudos que fortaleçam a integração entre a teoria e a prática e lhe permita incorporar experiências que concorram ao seu crescimento profissional, definiu que possuem caráter obrigatório e categorizam-se em três grupos: atividades de ensino, de extensão e de pesquisa.

APOIO PEDAGÓGICO

O Apoio Pedagógico é um ambiente inteiramente dedicado, como o próprio nome sugere, ao apoio pedagógico a professores a acadêmicos, oferendo equipamentos de informática e acesso à internet como também atendimento de funcionários em todos os períodos de funcionamento da IES.

Suas principais funções:

• Auxiliar acadêmicos e professores na utilização do portal acadêmico, que é a forma oficial de relacionamento da IES entre os docentes e acadêmicos. É através dele que o professor disponibiliza seus conteúdos e informa notas e frequência dos discentes,, além de atividades on-line , comunicados e outras funções acadêmicas;
• Auxiliar os acadêmicos na realização das atividades complementares de Estudos Dirigidos, que são atividades complementares oferecidas pela IES, cujo objetivo principal é propiciar o desenvolvimento de habilidades que vêm sendo requeridas pela dinâmica existente que há entre a IES, o mercado de trabalho e o sujeito cidadão.

Essas atividades complementares não presenciais possibilitam ao aluno conciliar o estudo com sua possibilidade de tempo, realizá-lo no ritmo planejado e em qualquer local disponível, desenvolver autodisciplina, dentre outros aspectos. Mas, para tanto, é necessário que o educando monitore a si próprio.

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO ALUNO

O serviço de atendimento ao aluno é a estrutura de boas-vindas aos discentes e ingressantes dentro de IES. O setor representa o ponto único de atendimento ao aluno seja qual for o serviço solicitado. O SAA realiza procedimentos de atendimento em Nível 1 e protocola solicitações de serviços realizados por outras áreas. Entre os objetivos do SAA está o pronto atendimento às demandas presenciais dos alunos e a realização de serviços de ingresso como a Matrícula. O SAA tem a função de facilitar a comunicação com os alunos, provendo informações, documentos e solucionando negociações financeiras e no tratamento da retenção dos que possuem interesse em deixar a instituição. Na área regulatória, o SAA também representa a Ouvidoria da IES. Também conta com uma série de serviços disponíveis pela WEB, podendo o aluno solicitar os mesmos sem estar presencialmente no setor.

Informações:
(11) 91049.6105
Atendimento de segunda a sexta- feira, das 10:00 às 19:30.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A dinâmica social requer das Instituições de Ensino Superior capacidade de gerenciamento dos processos de ensino, pesquisa e extensão como também uma leitura contextualizada e crítica das aceleradas transformações inerentes à contemporaneidade. A mutabilidade desse cenário exige das IES, sobretudo, intervenções e adequações próprias dos processos formativos.

Sob essa premissa, esse projeto define as ações educativas e as características necessárias ao futuro profissional educador, entendendo-o como um ser participativo, responsável, compromissado, crítico e criativo. Para isso, o curso se organiza, metodologicamente, com processos de ensino dinâmicos e interativos para não permitir o esvaziamento da qualidade e do comprometimento de professores, alunos e gestores.

A expectativa é de que esse projeto seja a expressão daquilo que a Instituição e o Curso de Pedagogia (EAD) almejam, servindo de apoio e norte aos que dele precisarem, embora seja necessário o esclarecimento de que não é um documento pronto e acabado, estando, portanto, aberto a inovações.
menu logo
Bacharelado

Administração
Ciências Contábeis
Direito
Educação Fisíca
Engenharia Civil
Psicologia

Licenciatura

Educação Física
Pedagogia
Pedagogia EaD

Tecnólogo

Gestão de RH
Logística

menu logo
logo

FIG-UNIMESP

“Educação não é preparação para a vida;
a educação é a própria vida".

Promover o ser humano pelo saber, através da educação, sintetiza a missão do Centro Universitário FIG-UNIMESP. Determinada a concentrar no ensino ordenado a fim de buscar a formação integral do indivíduo, despertando-lhe o senso crítico, o critério ético, a capacidade de julgar e agir corretamente, o Centro Universitário FIG-UNIMESP, forma cidadãos conscientes e capacitados para a vida profissional e cívica, conforme as exigências da sociedade moderna.

CONTATO/INFORMAÇÕES

___

Endereço

Av. São Luiz, 315 – Vl. Rosália – Guarulhos / SP

Telefones

(11) 3544-0333
(11) 91049-6105

E-mail

contato@fig.br